CUT-RJ promove debate sobre políticas públicas para as mulheres

Terça, 03 Agosto 2010 21:00
Nos próximos dias 10 e 11 de agosto, a CUT-RJ promoverá no auditório da sede da entidade...

CUT-RJ

Nos próximos dias 10 e 11 de agosto, a CUT-RJ promoverá no auditório da sede da entidade (Av. Presidente Vargas, 502 – 15º andar)o seminário “Políticas Públicas para as Mulheres – Como estas comprometem e se articular com o poder público estadual.

O encontro marcará o lançamento oficial da campanha da central por Igualdade de Oportunidades na vida, no trabalho e no movimento sindical. Na ocasião, também será lançado o Coletivo Estadual de Mulheres da CUT-RJ.

Segundo a secretária da mulher trabalhadora da CUT-RJ, Virginia Berriel, a análise de conjuntura que abrirá o seminário discutirá dois pontos problemáticos no estado: a educação e a aplicabilidade da Leia Maria da Penha. “Nossas companheiras precisam deixar os filhos nas creches para trabalhar, porém, apenas 38% das crianças de famílias pobres estão em creches ou pré-escolas, contra 68% dos filhos das mães de classe médio ou alto, o que demonstra a carência de políticas públicas voltadas a quem mais precisa. Além disso, nesses dois dias discutiremos a violência contra a mulher, porque apesar da Lei Maria da Penha já ter quatro anos, ser fruto da luta de companheiras que resolveram denunciar quem praticava a violência, ainda falta infraestrutura para o atendimento às vítimas e mesmo por parte de alguns juízes”, critica.

Confira abaixo a programação:

Dia 10 – Terça-feira

Manhã - Organização da Infraestrutura

14h - Formalização/apresentação do Coletivo Estadual de Mulheres

15h30 - Mesa de abertura: Análise de conjuntura sob a ótica das mulheres

17h às 20h - Lançamento da Campanha da CUT Igualdade de Oportunidades

Dia 11 – Quarta-feira

10h às 13h - Mesa de debate: Políticas Públicas para as Mulheres – como estas comprometem e se articulam com o poder público estadual. Educação, Saúde e Violência

14h às 17h - Mesa de debate: A importância do Dia Internacional da Mulher Negra da América Latina e do Caribe 17h30 às 20h Solenidade de entrega do Premio LELIA Gonzalez REALIZAÇÃO: Secretaria da Mulher Trabalhadora da CUT-RJ Secretaria de Combate ao Racismo da CUT-RJ

 

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.