CUT lança plataforma dos trabalhadores em Mato Grosso do Sul, Piauí, Ceará, Rondônia, Pernambuco e Bahia

Segunda, 02 Agosto 2010 21:00
Nesta segunda-feira, 2, os trabalhadores das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste do Brasil e a CUT iniciaram...


CUT

Nesta segunda-feira, 2,  os trabalhadores das regiões Centro-Oetste, Norte e Nordeste do Brasil e a CUT iniciaram o lançamento da Plataforma dos Trabalhadores para as Eleições 2010 nos estados do Mato Grosso do Sul. Nos dias 3, 4, 5  e 6 de agosto, o lançamento será realizado no Piauí, Ceará, Rondônia, Pernambuco e Bahia.

A ação faz parte do projeto “CUT nas Ruas”, que realizará mutirões para discutir as propostas definidas no documento. Além da divulgação em todos os estados, ao lado das estaduais da CUT, a iniciativa busca dar visibilidade à plataforma por meio da divulgação massiva e do debate com a participação de representantes dos movimentos sociais.

Duas atividades já ocorreram, uma no Rio de Janeiro, no dia 15 de julho, e outra em Brasília, no dia 20.

Histórico – Lançada oficialmente no dia 1º de maio, o conjunto de propostas da Central é resultado de um ciclo de debates e reflexões, iniciado em 2005, para a conformação de uma estratégia mais articulada da CUT no enfrentamento dos grandes temas nacionais e do seu posicionamento diante da sociedade.

As ações são divididas em três eixos: Valorização do trabalho; Igualdade, distribuição de renda e inclusão social; Estado democrático com caráter público e participação ativa da sociedade.

Agenda

Dia 3 de agosto
. Piauí – No dia 3 de agosto, às 16h, o presidente da CUT, Artur Henrique, participa do lançamento da Plataforma para os trabalhadores e candidatos a governador, deputado federal e estadual.

O evento ocorre no auditório do Sindicato dos Bancários, localizado à Rua Gabriel Ferreira, 740 – norte, em Teresina.

Dia 4 de agosto

. Ceará – O lançamento no Estado acontece na cidade de Castelão. O ato marcado para o auditório do Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU) – av. Alberto Craveiro, 222 – Castelão –, às 18h, contará com a de Artur Henrique, que participa em seguida de um debate sobre análise de conjuntura.

Leia abaixo a programação
Entrevista coletiva com o presidente da CUT nacional
Hora: 15h
Local: Sede da CUT-CE (av. Sólon Pinheiro, nº915, José Bonifácio).
Lançamento da Plataforma da CUT para as eleições 2010
18h – Debate sobre Análise de Conjuntura
Palestrantes: Artur Henrique, presidente da CUT Nacional
Local: Auditório do CEU (av. Allberto Craveiro, nº222, Castelão)

. Rondônia – Também no dia 5, em Rondônia, o lançamento acontece às 8h30, no Auditório do Hotel Vila Rica (na Avenida Carlos Gomes), com a participação do vice presidente da CUT nacional, José Lopes Feijó, e do secretário de administração e finanças da CUT nacional, Vagner Freitas.

Dia 5 de agosto
. Pernambuco – No dia seguinte, a partir das 10h, no auditório da CUT-PE, em Recife (Rua Dom Manoel Pereira, 183 – Santo Amaro), Artur, Rosane Silva, secretária da mulher trabalhadora da CUT nacional, e Adeilson Teles, da direção executiva, Expedito Solaney, secretário de políticas sociais e Manoel Messias,  secretário de saúde do trabalhador, participarão de uma coletiva de imprensa para divulgar a plataforma.

À tarde, as propostas serão apresentadas aos trabalhadores em atividade programada para às  14h, no Sindicato dos Bancários - avenida Manoel Borba, 564 - Boa Vista.

Dia 6 de agosto
. Bahia – Na sexta-feira (6), o lançamento acontece em Salvador, no Grande Hotel da Barra (Av. Sete de Setembro, 3564 – Praia Porto da Barra), às 14h30, com participação de Artur Henrique, José Feijóo e Vagner Freitas.

Antes, pela manhã, a CUT-BA promove no local de um encontro com representantes de outras centrais sindicais para apresentar um plataforma conjunta aos candidatos locais.

Para encerrar o evento, às 16h, ocorre o lançamento do documento cutista para os trabalhadores.

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.