Plataforma de gás afunda no leste da Venezuela

Quarta, 12 Maio 2010 21:00
Caracas, 13 mai (EFE).- Uma plataforma marítima de gás venezuelana, que ficava no leste do país...

Caracas, 13 mai (EFE).- Uma plataforma marítima de gás venezuelana, que ficava no leste do país, afundou hoje sem o registro de vítimas, nem danos ambientais, conforme informações oficiais venezuelanas.

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou o afundamento da plataforma "Aban Pearl" na madrugada passada por meio da sua conta na rede social Twitter.

"Com pesar informo que afundou a plataforma de gás Aban Pearl há poucos momentos. A boa notícia é que os 95 trabalhadores estão a salvo", escreveu Chávez em sua primeira mensagem sobre o assunto.

Pouco depois, o presidente venezuelano voltou a informar que os trabalhadores haviam sido resgatados e dois patrulheiros da Marinha estão na região.

Chávez detalhou que a "plataforma era semissubmergível" que "a meia-noite inclinou, acumulou água", por isso que "encerraram as operações" e retiraram os trabalhadores.

Mais tarde, em declarações à estatal "Venezolana de Televisión" ("VTV"), o ministro de Energia e Petróleo venezuelano, Rafael Ramírez, revelou que "o poço não traz nenhum risco ambiental".

O ministro disse que a estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA) recebeu apoio da Marinha para resgatar os trabalhadores da plataforma.

No ano passado, a PDVSA incorporou a plataforma semissubmergível Aban Pearl aos equipamentos de perfuração do país.

Segundo a companhia petrolífera estatal venezuelana, a broca, proveniente de Cingapura, iria permitir a construção de poços para início de exploração em campos marítimos venezuelanos.

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.