Trabalhadores terceirizados iniciam campanha reivindicatória na Repar (PR)

Segunda, 03 Maio 2010 21:00
Os 15 mil trabalhadores das obras de ampliação e da manutenção da Refinaria Presidente Getúlio Vargas...
 
Os 15 mil trabalhadores das obras de ampliação e da manutenção da Refinaria Presidente Getúlio Vargas [Repar] e Fosfértil, em Araucária,  no Paraná, aprovaram no último dia 29, durante assembleia geral, a pauta de reivindicações para o início das negociações do Acordo Coletivo de Trabalho [ACT].
 
Os principais pontos a serem exigidos são a reposição salarial da inflação pelo INPC, estimada em 4,97% em 1° de junho [data-base da categoria], ganho real nos vencimentos de 20%, Participação nos Lucros e Resultados com 70% fixos e 30% vinculados às metas das empresas – hoje é o inverso, horas extras de 100% em dias normais e de 200% nos domingos e feriados, cesta natalina de R$ 200 e ajuda de custo no valor de R$ 500.
 
A partir da aprovação da pauta, a CUT Paraná e os cinco sindicatos filiados que representam aqueles trabalhadores iniciam a negociação com as empresas e consórcios das obras. Na avaliação do presidente estadual da CUT e diretor do Sindipetro Paraná e Santa Catarina, Roni Barbosa, as entidades sindicais estão fortalecidas para o processo negocial. “A assembleia  mostrou a determinação dos trabalhadores e a disposição de luta para a campanha salarial deste ano. Saímos motivados para iniciar as negociações”.

 

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.