FUP reúne-se com pastorais da CNBB para buscar apoio à campanha "O petróleo tem que ser nosso"

Terça, 16 Junho 2009 21:00
A FUP participa nesta quinta-feira, 18, da solenidade de encerramento do Conselho Episcopal Pastoral...

Imprensa da FUP

A FUP participa nesta quinta-feira, 18, da solenidade de encerramento do Conselho Episcopal Pastoral da CNBB, que reúne em Brasília bispos e demais representantes da Igreja Católica para avaliar a Campanha da Fraternidade 2009. A Federação quer buscar o apoio dos bispos e a integração da CNBB à campanha "O petróleo tem que ser nosso". O Conselho Episcopal coordena as atividades pastorais nos estados do país e está reunido desde segunda-feira, 15,  com os responsáveis regionais pela Campanha da Fraternidade e os assessores da CNBB.

O coordenador da FUP, João Antônio de Moraes, aproveitará a ocasião para discutir com os bispos a importância da CNBB envolver as pastorais na luta por uma nova legislação que garanta o controle estatal e social das reservas do pré-sal para que este recurso seja investido em políticas públicas, como habitação popular, educação, saúde, reforma agrária, entre outras.

O presidente da CNBB, Dom Geraldo Lyrio Rocha, expressou no ano passado o seu apoio pessoal à campanha da FUP pela retomada do monopólio estatal do petróleo e chegou, inclusive, a assinar o abaixo assinado em prol do projeto de lei de iniciativa popular defendido pela Federação, sindicatos e movimentos sociais e estudantis.

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.