CTB também repudia a ação dos tucanos em criar a CPI da Petrobrás

Segunda, 18 Maio 2009 21:00
Em nota divulgada nesta segunda-feira (18) e assinada por seu presidente, Wagner Gomes...

Vermelho

Em nota divulgada nesta segunda-feira (18) e assinada por seu presidente, Wagner Gomes, a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) repudiou “a ação dos tucanato de criar a CPI” da Petrobras. De acordo com a entidade, “a manobra do PSDB” — que propôs a comissão — “retoma o caminho privatista”.

Leia abaixo a íntegra da nota.

O Petróleo é Nosso - CPI da Petrobras é golpe da direita demo-tucana

A CTB – Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil — denuncia a manobra do PSDB que retoma o caminho privatista ao criar, na calada da noite, a CPI da Petrobrás no Senado. Responsável pelo desmantelamento do patrimônio público brasileiro, com a privatização de empresas estatais, como Telebrás, Embraer, Vale do Rio Doce e outras, agora os tucanos querem desmoralizar a Petrobrás para, no futuro, entregá-la à iniciativa privada.

Com argumentos falaciosos de que há indícios de fraudes em licitações para reforma e construção de plataformas e denúncias de desvio na distribuição de royalties, o PSDB faz o papel sujo de tentar desvalorizar a estatal brasileira.

A Petrobrás detém a vanguarda tecnológica na prospecção de petróleo em águas profundas, representa 6,5% do PIB nacional, tem 50 mil contratos firmados, faturamento de R$ 240 bilhões e paga R$ 94 bilhões em impostos. Além disso, a estatal investe anualmente R$ 60 bilhões em novas prospecções, dispõe de R$ 19 bilhões em caixa, e mobiliza cerca de 400 empresas fornecedoras, gerando empregos em diversos setores da economia.

Diante da crise financeira internacional, que amplia a vulnerabilidade de confiança das empresas, a proposta do PSDB de criar CPI para investigar a Petrobrás que investe na captação de novas jazidas, sobretudo do pré-sal descobertas recentemente, é uma manobra politiqueira, irresponsável e antipatriótica, que busca atender o interesse daqueles que querem colocar as garras no patrimônio público.

A CTB repudia a ação dos tucanato de criar a CPI, pois defende o patrimônio nacional, propondo o controle majoritário das ações da Petrobrás como forma de manter o petróleo nas mãos dos brasileiros, e conclama todas as forças populares e patrióticas em defesa da Petrobrás e do Brasil.

Wagner Gomes - Presidente da CTB

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.