Trabalhador da Transpetro, vote em quem está lutando por sua entrada no Plano Petros-2

Segunda, 27 Abril 2009 21:00
A FUP luta para que todos os trabalhadores da Transpetro tenham realmente um plano de previdência...

Imprensa da FUP

A FUP luta para que todos os trabalhadores da Transpetro tenham realmente um plano de previdência que traga garantias para sua família, que seja transparente, seguro e que não privilegie apenas uma parcela da categoria. Após muita pressão da Federação, a Transpetro formou, em março deste ano, o Grupo de Trabalho paritário (com representantes da empresa, da FUP e da Federação dos Marítimos) para definir o modelo de implantação do Plano Petros 2 para todos os trabalhadores da subsidiária, inclusive os que atualmente estão no Plano Transpetro, cujo modelo é muito ruim para o trabalhador, pois, é um plano de Contribuição Definida – CD, sem qualquer cobertura de risco. Tanto, que este plano foi batizado pelos trabalhadores da Transpetro de “CD pirata”.

 

Os representantes da FUP no Grupo de Trabalho são Paulo César Martin, Cláudio Alberto de Souza, Alexandre Alves, Itamar Sanches, Danilo e George Araujo.  Cláudio Alberto e Itamar Sanches formam a dupla 12 que disputa as eleições para o Conselho Deliberativo da Petros.  Já Paulo César – PC é o titular da dupla 33, que, juntamente com Iranildo Germano na suplência, disputam as eleições para o Conselho Fiscal da Petros. Já os demais candidatos, além de se preocuparem somente com as suas campanhas, não têm proposta alguma para os trabalhadores da Transpetro. Algumas duplas chegam ao absurdo de defender a extinção do Plano Petros 2, a única alternativa dos trabalhadores da subsidiária ingressarem em um plano que realmente tenha caráter previdenciário.

 

Acesse aqui o comparativo entre o Plano Petros-2 e o Plano Transpetro e veja porque é fundamental eleger conselheiros comprometidos em defender os interesses e direitos dos trabalhadores.

 

Não permita que as vagas nos Conselhos da Petros sejam ocupadas pelos candidatos apoiados pelas associações, Aepet, Ambep e sindicatos dissidentes, os mesmos que tentaram prejudicar milhares de aposentados, pensionistas e trabalhadores da ativa que repactuaram. Vote em quem tem seriedade, responsabilidade e compromisso com a categoria. 

  

Os candidatos apoiados pela FUP compõem o GT para implantação do Plano Petros 2.

 

 

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.