Em plataforma da Bacia de Campos, helicopetro perde sustentação durante decolagem

Terça, 21 Abril 2009 21:00
Na manhã da última segunda-feira, 20, uma aeronave da empresa Líder, que deixava a P-27, na Bacia

Sindipetro NF

Na manhã da última segunda-feira, 20, uma aeronave da empresa Líder, que deixava a P-27, na Bacia de Campos, em direção ao heliporto do Farol de São Thomé, perdeu a sustentação alguns instantes após a decolagem e caiu de pequena altura sobre o próprio helideck da plataforma.

A informação foi passada ao Sindipetro-NF por trabalhadores. A aeronave, prefixo PP-NBJ, permanece nesta tarde na unidade, aguardando posição da segurança de voo.

Apesar do grande susto e da gravidade do caso, ninguém foi ferido. O sindicato, no entanto, volta a exigir que a Petrobrás trate todas as ocorrências com aeronaves, mesmo que aparentemente pequenos incidentes, como se fossem episódios com vítimas fatais. Todas devem ser apuradas com rigor, para que tragédias sejam prevenidas.

“O tratamento que a Petrobras e as empresas aéreas têm dado aos incidentes que poderiam transformar-se em tragédias não contribui para evitar acidentes. Uma investigação rigorosa sobre os acidentes, tratando-os como se tivesse ocorrido um acidente fatal, é a forma correta de tratar os incidentes e o sindicato tem cobrado a responsabilidade da Petrobrás para isso”, afirma o coordenador geral da entidade, José Maria Rangel.
Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.