Primeira Plenária Nacional da FUP, após mudança estatutária, será em Assentamento do MST no Paraná

Quinta, 16 Abril 2009 21:00
Entre as mudanças no Estatuto da FUP, que foram aprovadas no último Congresso Nacional...

Imprensa da FUP

Entre as mudanças no Estatuto da FUP, que foram aprovadas no último Congresso Nacional da Federação (XIV Confup), está a realização de plenárias em substituição aos congressos anuais. O Confup passa a ser realizado a cada três anos, para eleição da diretoria da FUP e demais deliberações. Entre um congresso e outro, serão realizadas plenárias nacionais, com a presença de metade dos delegados que participam dos Confup´s. A Federação, portanto, realizará este ano, entre os dias 02 e 05 de julho, a sua primeira Plenária Nacional, cumprindo o novo estatuto, aprovado no XIV Confup.

Em apoio e solidariedade ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), entidade sempre presente nas lutas da nossa categoria, a plenária será realizada no Assentamento do Contestado, na Lapa, cidade vizinha a Curitiba, no Paraná. O local abriga 108 famílias de agricultores e é também sede da primeira Escola Latino Americana de Agroecologia.

Localizado a aproximadamente 70 Km de Curitiba, o assentamento completou 10 anos, desde que a área foi ocupada pelo MST, em fevereiro de 1999. A Escola de Agroecologia foi criada em agosto de 2005 para formar pedagogos e multiplicadores da agroecologia, tendo como meta a defesa da soberania alimentar dos povos, das sementes e a criação de uma rede de intercâmbio entre os camponeses da América Latina.

A Plenária Nacional da FUP neste assentamento do MST ratifica a solidariedade dos petroleiros aos trabalhadores sem terra, cujos ideais de soberania e justiça social têm causado reações autoritárias e violentas dos setores conservadores da sociedade que, na contramão da democracia, tentam criminalizar o movimento. A FUP e seus sindicatos, mais uma vez, reafirmam seu apoio integral ao MST, ressaltando a importância da luta classista na construção de uma sociedade justa e igualitária, onde a reforma agrária seja realidade e não uma meta.

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.