No segundo dia de greve, adesão é de 100% na Bahia

Segunda, 23 Março 2009 21:00
Na avaliação do Sindicato dos Químicos/Petroleiros (BA), a greve continua firme e forte na Bahia...

Sindicato dos Químicos e Petroleiros da Bahia

Na avaliação do Sindicato dos Químicos/Petroleiros (BA), a greve continua firme e forte na Bahia. No segundo dia de greve, na Rlam e Transpetro, a adesão foi de 100%. No prédio administrativo, no bairro do Itaigara, o movimento foi tranqüilo e a adesão dos trabalhadores chegou a 70%. Na Fafen, em Camaçari, a adesão é de 100% do turno. A empresa colocou em ação o plano de contingência, mesmo assim a Fafen está operando com carga mínima. O Sindicato está preocupado com os trabalhadores que continuam dentro da fábrica, pois estes já reclamaram que estão muitos cansados. O Sindicato parou a produção de petróleo nos campos de Jandaia e FBM, na OP-CAN, no município de Entre Rios. Diretores do Sindicato estão nas unidades de Santiago, Miranga e Taquipe, mas não conseguimos informações sobre a greve.   

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.