MULHERES NA LUTA PELA VIDA

Sábado, 06 Março 2021 20:09

Neste domingo, 07, as mulheres petroleiras estarão na abertura da Jornada Nacional Feminista construída pelo Coletivo de Mulheres Petroleiras e mais de 80 organizações sociais e feministas, em formato de ato político para exigir “fora, Bolsonaro!”, vacina para toda a população, auxílio emergencial já e pelo fim das violências contra as mulheres.

A jornada começa às 13h deste domingo e será transmitida nas redes sociais das entidades que estão na construção da mobilização. Bernadete Monteiro , da Coordenação Nacional da Marcha Mundial das Mulheres, disse que no dia 7 o ato virtual terá a presença das representações de mais de 80 entidades e que durará em torno de 5 horas.

“Além das intervenções culturais que vão acontecer durante o ato, terão intervenções das mulheres das organizações que ajudaram a construir o ato”, afirmou.

Manifesto

O documento assinado por dezenas de entidades, as mulheres enfatizam “a importância do Sistema Único de Saúde (SUS) para a garantia da vida do povo brasileiro”. Durante a pandemia o número de casos de feminicídio aumentou em todo o país. “A violência doméstica, política, institucional e obstétrica seguem nos matando. Assistimos diariamente a morte de mulheres, dentro de suas casas e carregamos o vergonhoso lugar de 5º país no mundo em feminicídio”, destaca o texto.

Para ler na íntegra e assinar o manifesto acesse: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSc-NiNvj0QbssdObGkG0RD8Vah8m-jiHaB5PR4pDnpExsOTfA/viewform

 

Última modificação em Segunda, 08 Março 2021 08:58
Publicado em Cidadania

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.