Petroleiros realizam greves regionais em quatro estados, com novas adesões nos próximos dias

Sexta, 05 Março 2021 13:41

Seguindo o indicativo da FUP, os petroleiros iniciaram nesta sexta-feira, 05, greves regionais no Amazonas, em São Paulo e no Espírito Santo, cobrando da Petrobrás condições seguras de trabalho, manutenção dos empregos e respeito ao Acordo Coletivo. Na Bahia, a categoria retomou por tempo indeterminado a greve que havia sido temporariamente suspensa durante negociação com a empresa. Sem avanços, os petroleiros recomeçaram o movimento na madrugada desta sexta, em meio a pressão dos gestores, que enviaram um forte aparato policial para a RLAM e estão mantendo trabalhadores em cárcere privado, segundo denúncias recebidas pelo Sindipetro Bahia.   

Nesta sexta-feira, houve ainda mobilizações e protestos na Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, e na Usina do Xisto (SIX), no Paraná, onde os trabalhadores também aprovaram a greve e devem iniciar o movimento nos próximos dias. Nas demais bases da FUP, a categoria segue em assembleias.

Com pautas de reivindicações diversas, os sindicatos denunciam os impactos das privatizações nas relações de trabalho, em função das transferências compulsórias feitas pela gestão da Petrobrás, da redução drástica de efetivos e do sucateamento das unidades, principalmente as que estão sendo vendidas. O resultado desse desmonte é o risco diário de acidentes, sobrecarga de trabalho, assédio moral e descumprimento rotineiro do Acordo Coletivo de Trabalho.

Avanço da Covid

Além disso, os trabalhadores do Sistema Petrobrás estão sofrendo diariamente com a negligência da direção da Petrobrás no combate à pandemia da Covid-19.  Assim como o governo Bolsonaro, a gestão Castello Branco vem negando recomendações, normas e protocolos de segurança dos órgãos de saúde e de fiscalização, como o Ministério Público do Trabalho, a Fiocruz e a Agência Nacional de Petróleo.

Em um ano de pandemia, mais de 5.200 trabalhadores da Petrobrás já se contaminaram. Isso equivale a mais de 11% do efetivo próprio da companhia. Ou seja, o dobro da média nacional. A cada semana, são mais de 420 trabalhadores infectados pela Covid-19 e uma média de 20 hospitalizados. Esses números, apesar de altos, são subnotificados, pois a Petrobrás insiste em não divulgar os dados dos trabalhadores terceirizados. Em meio às privatizações, a categoria petroleira ainda é obrigada a conviver com o pavor de ser contaminada pelos surtos semanais que estão ocorrendo nas plataformas, refinarias e terminais. Informações obtidas pela FUP revelam que mais de 60 trabalhadores próprios e terceirizados já perderam a vida em consequência da Covid.

[Da imprensa da FUP]

fed6f49d-0d1a-4062-8ecc-860fa0ef16d5
efe7178e-e44f-4cec-b511-90e5c31f2d8d
fea54ad1-8148-42bc-a121-2e2f4599dfee
d9fc1a11-0e7b-4dc5-bec1-0d24dc36a88b
aea5d8f1-3ad9-418b-8340-9daf9115fa95
5261549b-97c7-4f25-b217-582b9f093c7d
164261f5-1fe8-4dae-8d3f-e6c435ab30ac
62222ffa-57b9-41bb-8d8b-d46a0d7889d7
212ac2bd-55f4-4d5c-aac2-259df4ca417c
067f2996-f96b-4010-8f9c-15cf0b83afaa
24b4d1ed-9525-4b37-9e78-a83c2a92dbd6
9fd2666a-10ad-471d-9976-2c9185fac2cd
9eeac2b2-56f8-4ea2-8d6d-6be867c312e8
6cb10b5c-9337-45e9-aae7-49a6ab302bee
5c02ebc6-46f9-494d-90e7-c22d13f8b3e3
3bb3a550-a059-4726-b0a9-c8d64226847e
2176aae5-32af-4877-83d7-fd7385d25063
2dafcb09-80fa-4cf6-b521-7445ed9c0439
ab0231dd-2553-497b-a447-c369d44b7afd
843a51e2-8bca-4d99-b59f-c0c7587fd164
121cc03d-e487-4449-864b-9dc912f9b5c1
14f4583e-ff2b-4b1a-941d-7df788191d27
7572380d-ac80-4f33-a901-d6b5ade0aa03
67955220-f497-4ca7-9b8e-fe0317a1dc99
f845a6e5-6d7f-49f3-b96e-430d1fed2a13
af3ec1a7-1080-496f-aaa3-875b984f7999
fbfbf91c-8656-402e-a32f-adf372dd9642
331a1cd7-4b8b-4b64-89b3-4e26b556007a
5d579658-8be4-4824-b909-d04653ee6be9
1c870bab-3adb-4da8-9ec7-1db124360840
eebcb79f-2ebd-4291-8e34-534a3a715e41
f8d27e17-30db-465a-b49f-2c745b8d194f
02994ef8-9d02-4c8d-be6c-08459824cf2b
20c430c1-b451-4597-922b-2a825e82c497
4cab8f22-54ee-4bc2-bb83-41239c3ffb6c
9fc5d183-ebc3-4960-9af3-a89a57e99fdd
82c825dc-d284-4fa6-8932-8fc4a08841f6
694d985f-bf9c-4506-9908-150611e3d50d
d9e2ef16-c309-4014-b59b-9675b728547d
8ef6b144-bcab-422a-8fff-4c88295a9aa2-1
e2004167-ca78-4a86-a805-39d4080da22f-1
e5d2b2be-4b06-47fa-81a3-fd6dc440548e
c4a75ed1-ec4b-431f-bf0b-8e43b2362af8
beb739f4-1ba8-498f-8297-0faadc79d008
2b4c7170-8278-4a7e-a653-b6d1f1f7fe13
be76b69f-952f-457d-ab72-451a2822eb2f
fed6f49d-0d1a-4062-8ecc-860fa0ef16d5 efe7178e-e44f-4cec-b511-90e5c31f2d8d fea54ad1-8148-42bc-a121-2e2f4599dfee d9fc1a11-0e7b-4dc5-bec1-0d24dc36a88b aea5d8f1-3ad9-418b-8340-9daf9115fa95 5261549b-97c7-4f25-b217-582b9f093c7d 164261f5-1fe8-4dae-8d3f-e6c435ab30ac 62222ffa-57b9-41bb-8d8b-d46a0d7889d7 212ac2bd-55f4-4d5c-aac2-259df4ca417c 067f2996-f96b-4010-8f9c-15cf0b83afaa 24b4d1ed-9525-4b37-9e78-a83c2a92dbd6 9fd2666a-10ad-471d-9976-2c9185fac2cd 9eeac2b2-56f8-4ea2-8d6d-6be867c312e8 6cb10b5c-9337-45e9-aae7-49a6ab302bee 5c02ebc6-46f9-494d-90e7-c22d13f8b3e3 3bb3a550-a059-4726-b0a9-c8d64226847e 2176aae5-32af-4877-83d7-fd7385d25063 2dafcb09-80fa-4cf6-b521-7445ed9c0439 ab0231dd-2553-497b-a447-c369d44b7afd 843a51e2-8bca-4d99-b59f-c0c7587fd164 121cc03d-e487-4449-864b-9dc912f9b5c1 14f4583e-ff2b-4b1a-941d-7df788191d27 7572380d-ac80-4f33-a901-d6b5ade0aa03 67955220-f497-4ca7-9b8e-fe0317a1dc99 f845a6e5-6d7f-49f3-b96e-430d1fed2a13 af3ec1a7-1080-496f-aaa3-875b984f7999 fbfbf91c-8656-402e-a32f-adf372dd9642 331a1cd7-4b8b-4b64-89b3-4e26b556007a 5d579658-8be4-4824-b909-d04653ee6be9 1c870bab-3adb-4da8-9ec7-1db124360840 eebcb79f-2ebd-4291-8e34-534a3a715e41 f8d27e17-30db-465a-b49f-2c745b8d194f 02994ef8-9d02-4c8d-be6c-08459824cf2b 20c430c1-b451-4597-922b-2a825e82c497 4cab8f22-54ee-4bc2-bb83-41239c3ffb6c 9fc5d183-ebc3-4960-9af3-a89a57e99fdd 82c825dc-d284-4fa6-8932-8fc4a08841f6 694d985f-bf9c-4506-9908-150611e3d50d d9e2ef16-c309-4014-b59b-9675b728547d 8ef6b144-bcab-422a-8fff-4c88295a9aa2-1 e2004167-ca78-4a86-a805-39d4080da22f-1 e5d2b2be-4b06-47fa-81a3-fd6dc440548e c4a75ed1-ec4b-431f-bf0b-8e43b2362af8 beb739f4-1ba8-498f-8297-0faadc79d008 2b4c7170-8278-4a7e-a653-b6d1f1f7fe13 be76b69f-952f-457d-ab72-451a2822eb2f

Última modificação em Segunda, 08 Março 2021 15:23

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.