Petroleiros das Plataformas Marítimas do RN aderem à greve

Terça, 11 Fevereiro 2020 13:18

Em assembleia deliberativa realizada nesta terça-feira, 11, às 6h, na sede Natal, petroleiros não embarcaram e aderem participação na greve.

A diretoria do SINDIPETRO-RN está coordenando o desembarque e a entrega das instalações às equipes de contingência.

A greve nacional dos petroleiros está no 11° dia e já conta com participação 20 mil trabalhadores em todo o país. O movimento tem como propósito barrar o descumprimento de Acordo Coletivo de Trabalho pela Companhia, denunciar a demissão e transferência de trabalhadores, próprios e contratados, além de impedir o desmonte e venda de ativos em todo o Sistema Petrobrás.

A greve está acontecendo em 43 plataformas; 11 refinarias; 18 terminais; 7 campos terrestres; 5 termelétricas; 3 UTG (processamento de gás); 1 usina de biocombustível; 1 fábrica de fertilizantes; 1 fábrica de lubrificantes; 1 usina de processamento de xisto; 1 complexo petroquímico e 3 bases administrativas.

Polo de Guamaré

No polo Guamaré será realizada uma assembleia extraordinária às 13h no portão B da base. Em pauta o desembarque imediato e entrega da Unidade às equipes de contingência.

[Via Sindipetro-RN]

Última modificação em Terça, 16 Junho 2020 18:50

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram