Macaé tem audiência publica sobre impactos da privatização da Petrobrás

Quinta, 28 Novembro 2019 17:55

A Petrobrás e os impactos da privatização nos empregos e na segurança é o tema da audiência pública nesta quinta, 28 de novembro, na Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Macaé.

Acompanhe AO VIVO: 

Essa audiência foi construída pelo Sindipetro-NF e o presidente da Comissão, Vereador Marcel Silvano para debater os rumos do município com a privatização da Petrobrás. Trata-se de mais uma ação de mobilização da categoria petroleira e da sociedade macaense que tando depende dessa empresa para sua economia, crescimento e desenvolvimento.

A realização de audiências públicas pelo país fazem parte de um movimento em defesa da empresa para denunciar os impactos das privatizações na Petrobrás.

Um desses impactos está relacionado aos empregos gerados O número de trabalhadores próprios da empresa caiu de 86 mil, em 2013, para 63 mil, em 2018. Com os atuais planos de desligamentos que foram lançados unilateralmente pela atual gestão, sem qualquer discussão com a FUP e os sindicatos, mais 10 mil postos de trabalho devem ser extintos (levando em conta as vagas das unidades que estão sendo vendidas e fechadas e dos trabalhadores que estão se aposentando).  Em 2013, a Petrobrás empregava cerca de 360 mil trabalhadores terceirizados. No primeiro trimestre de 2019, esse número já havia caído para 112 mil.

[Via Sindipetro-NF]

Última modificação em Quinta, 28 Novembro 2019 18:38

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram