Petroleiros vão iniciar greve doando sangue pelo Brasil

Sábado, 23 Novembro 2019 16:50

Na segunda-feira, 25, os petroleiros como parte das atividades que serão realizadas durante a greve de cinco dias da categoria (de 25 a 29/11), dão inicio a uma campanha de doação de sangue intitulada “Petroleiros doam sangue pela Bahia e pelo Brasil”.

Coincidentemente 25 de novembro é a data em que se comemora o dia nacional do doador voluntário de sangue.

Petroleiros e petroleiras de diversas unidades da estatal – presente em 21 cidades do estado –  vão se dirigir ao HEMOBA ( Ladeira do Hospital Geral,S/N,  Brotas), para doar sangue em um gesto simbólico para marcar a disposição da categoria em continuar contribuindo pelo bem estar e pela saúde da população brasileira, seja através da doação de sangue ou no dia a dia, no chão da fábrica, trabalhando para que a Petrobras não seja desviada de uma das  suas funções essenciais que é a responsabilidade social e também a contribuição para o crescimento econômico e social do Brasil.

Como há muitas unidades do Sistema Petrobrás no entorno de Alagoinhas, a doação de sangue acontecerá também no HEMOBA desse município (Rua Joana Angélica, 63, Centro)

De acordo com a Organização Mundial de Saúde 3% da população teria que doar sangue para manter  os estoques estáveis. No entanto, de acordo com o último censo do IBGE (2010) a Bahia possui 9.752.586 pessoas entre 15 a 69 anos. Desta forma,  para cumprir as recomendações da OMS, 2.925.776 pessoas nessa faixa etária deveriam doar sangue anualmente. No entanto, em 2019 apenas 134.454 pessoas compareceram em alguma unidade do HEMOBA para realizar a doação.

Portanto, companheiras e companheiros, daremos inicio à nossa greve da melhor forma possível: cumprindo o nosso dever de cidadão e cidadã.

Critérios de doação

Estar em boas condições de saúde;

  • Pesar acima de 50 kg;
  • Apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional: Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional,  Carteira de Trabalho e Previdência Social,  Carteira Nacional de Habilitação, – Passaporte
  • Ter entre 16 e 69 anos de idade, sendo que:

– Menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal

– Pessoas com mais de 60 anos só poderão doar caso já tenham realizado uma doação antes dos 60 anos

Quantidade de doações

  • Homens: podem doar até 4 vezes a cada 12 meses, com intervalo mínimo de 60 dias entre as doações.
  • Mulheres: podem doar até 3 vezes a cada 12 meses, com intervalo mínimo de 90 dias entre as doações.

Recomendações para o dia da doação

  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);
  • Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação);
  • Não ingerir bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
  • Não fumar por pelo menos 2 horas.

Impedimentos temporários

  • Se você estiver gripado, resfriado, com febre, espere 15 dias após o desaparecimento dos sintomas;
  • Estar grávida;
  • Período pós-gravidez (90 dias para parto normal e 180 dias para parto cesariano);
  • Período de amamentação (durante os primeiros 12 meses);
  • Tatuagem e/ou piercing nos últimos 12 meses (piercing em cavidade oral ou região genital impede a doação);
  • Ter feito exames/procedimentos endoscópicos nos últimos 6 meses;
  • Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis; aguardar 12 meses.

Impedimentos definitivos

  • Quem teve diagnóstico de hepatite após os 11 anos de idade;
  • Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatite B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II, Doença de Chagas e Sífilis;
  • Uso de drogas ilícitas injetáveis.

Cuidados após a doação

  • Beber bastante líquido nas primeiras 24 horas e alimentar-se normalmente.
  • Não fumar nas primeiras 2 horas.
  • Não realizar esforço físico, esportes radicais ou atividade de risco.
  • Manter o curativo no local da punção por 4 horas;

Não fazer esforço com o braço em que realizou a doação

[Sindipetro Bahia, com informações da ascom do HEMOBA]

Última modificação em Sábado, 23 Novembro 2019 17:00

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram