Luta contra exposição ao Benzeno mobiliza os petroleiros

Segunda, 07 Outubro 2019 16:07

Em 5 de outubro foi comemorado o Dia Nacional de Luta Contra a Exposição ao Benzeno. Os sindicatos da FUP estão distribuindo nas bases do Sistema Petrobrás o jornal editado pela Bancada dos Trabalhadores na Comissão Nacional Permanente do Benzeno (CNPBz), conscientizando os petroleiros sobre a importância de combater a exposição a esse produto químico, que é altamente cancerígeno. 

Em mais um ataque contra os direitos dos trabalhadores, o governo Bolsonaro acabou com a CNPBz e outras comissões tripartites, através da portaria 972, editada em 21 de agosto.

A Comissão funcionava há mais de 20 anos e foi protagonista do Acordo Nacional do Benzeno, firmado em dezembro de 1995.

“A Comissão foi extinta, mas a nossa luta continua", afirma o petroleiro Auzélio Alves, diretor do Sindipetro Unificado SP e membro da bancada dos trabalhadores na CNPBz.

"Estamos denunciando o descaso desse governo com a saúde dos trabalhadores, mantemos o site da CNPBz no ar e estamos nos articulando de forma independente para dar continuidade a esse trabalho, mesmo em um cenário mais difícil”, explicou. 

O site www.cnpbz.com.br continua ativo, com artigos e notícias sobre a luta contra a exposição ao benzeno e a defesa da saúdedo trabalhador.

Kappra, presente!

O Dia Nacional de Luta contra a Exposição ao Benzeno foi criado em homenagem ao técnico de operações Roberto Kappra, da Refinaria Presidente Bernardes, em Cubatão, que faleceu em 5 de outubro de 2004, vítima de leucemia mieloide aguda, doença ligada à exposição ao benzeno. Kappra trabalhou 11 anos na refinaria e morreu aos 36 anos, 22 dias após serem detectados os primeiros sintomas da doença. Na época, a Petrobrás se recusou a reconheceu o nexo causal e a CAT só foi emitida tempos depois. A história de Kappra tornou-se símbolo da luta contra a exposição a essa substância altamente cancerígena.

Os trabalhadores de toda a cadeia produtiva do petróleo e siderurgia, assim como os dos postos de combustíveis - estes não estão incluídos no Acordo do Benzeno - são altamente afetados pela exposição ao agente químico.

 

[FUP]

Última modificação em Segunda, 07 Outubro 2019 16:33

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram