Polícia invade Sindicato no AM para interromper reunião contra Bolsonaro

Quinta, 25 Julho 2019 15:48
A FUP e o Sindipetro Amazonas prestam solidariedade ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (SINTEAM), bem como a todo o Movimento Social Amazonense.
 
Repudiamos veementemente a invasão ilegal, abusiva e inconstitucional, perpetrada por membros da Policia Rodoviária Federal, que, segundo os mesmos, cumpriam ordens do Exército Brasileiro. O fato foi negado pelo comando militar, o que nos causa ainda mais indignação.
 
Na noite de terça feira, 23 de Julho, um grupo de Policiais Rodoviários Federais invadiu,  sem mandado, a sede do SINTEAM, o de Movimentos Sociais se reuniam para organizar uma manifestação pacífica durante a visita de Bolsonaro à capital amazonense. A intenção era protestar contra o desmonte da Zona Franca de Manaus, assim como o aumento do desmatamento na região Amazônica.
 
Fatos dessa natureza nos remetem aos sombrios anos de chumbo da Ditadura Militar, período de exceção e privação das liberdades individuais, censura e assassinato de opositores. A Constituição Federal vigente nos garante a liberdade de expressão e o livre direito de manifestação, preceitos basilares da democracia. 
 
Dessa forma, reiteramos nosso apoio e solidariedade classista ao SINTEAM, aos Movimentos Sociais e a todos aqueles que não se curvam perante o fascismo.
 
[FUP/Sindipetro AM]
Última modificação em Quinta, 25 Julho 2019 16:43

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram