Petroleiros de Duque de Caxias já estão na greve

Quinta, 13 Junho 2019 18:38

Os petroleiros das bases do Sindipetro Duque de Caxias irão aderir à greve geral desta sexta-feira.  "Daremos início ao movimento de apoio à greve geral contra a reforma da previdência nesta quinta, 13 de junho", informou o sindicato.

Na Refinaria Duque de Caxias (Reduc), a greve já começou, com a entrada dos trabalhadores do turno das 15h, que não terão rendição até às 23h de amanhã (14). 

"Não iremos fazer rendição na troca dos turnos, nossos colegas estarão nos piquetes. Somos contra a privatização da maior empresa do país e contra a reforma da previdência, que quer fazer o povo trabalhar até morrer", informou o Sindipetro.

Pela manhã, os trabalhadores do Terminal de Campos Elíseos (Tecam) e da Termoelétrica Governador Leonel Brizola (UTE-GLB) aderem à mobilização

As orientações são:

- os petroleiros que não estiverem do lado de dentro deverão participar dos piquetes nas portas das fábricas;

- os que entrarem hoje, logo mais às 15h, não deverão emitir PTs e só serão rendidos na troca do turno, às 23h do dia 14.

#PetroleirosNaGreveGeral #14J #privatizarfazmalaobrasil

[Com informações do Sindipetro Caxias]

Última modificação em Quinta, 13 Junho 2019 19:17

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram