Diretor da FUP é eleito representante dos trabalhadores no CA da Petrobrás

Segunda, 04 Março 2013 11:52

alt

FUP

O diretor da FUP, José Maria Rangel, foi eleito o representante dos trabalhadores no Conselho de Administração da Petrobrás. Ele conquistou 8.561 votos, 51,66% dos votos válidos. O outro candidato que disputou o segundo turno da eleição, Sívio Sinedino, obteve 8.011 votos (48,34% dos votos válidos). Ao todos, 16.918 trabalhadores da Petrobrás participaram da eleição, onde foram registrados 80 votos em branco e 266, nulos.

José Maria Rangel é diretor da Secretaria de Saúde e Segurança da FUP e coordenador do Sindipetro-NF, onde tem travado uma longa batalha com os gestores da Petrobrás em função das condições precárias de segurança nas plataformas da Bacia de Campos.

alt

No primeiro turno da eleição para o CA, ele foi o mais votado dos 127 candidatos que disputaram a  vaga dos trabalhadores. Na ocasião, José Maria conquistou 4.568 votos e Sílvio Sinedino obteve 4.565 votos.

Apoio nacional

José Maria Rangel conquistou apoios em todo o país, se consolidando como o candidato da unidade nacional. Ele foi apoiado pela FUP e seus sindicatos e também pelas principais entidades de classe do campo da CUT e da CTB. José Maria recebeu ainda o apoio de vários candidatos que participaram do primeiro turno da eleição, entre eles Vicente Pontes Pinheiro, diretor do Sindipetro-RN e  terceiro colocado; Robson Roberto Amstalden, que trabalha cedido à BR Distribuidora em Campinas; Rosana Scherer, que atua na área de engenharia da Refap, no Rio Grande do Sul; Orismar Holanda Gomes, dirigente do Sindipetro-CE, e Baney Toledo Gomes, dirigente do Sindipetro-ES.

alt

A FUP e seus sindicatos agradecem a todos que atuaram pela candidatura de José Maria, acreditando e apoiando as propostas do movimento sindical para garantir que a vaga dos petroleiros no Conselho de Administração da Petrobrás seja mais um importante instrumento de luta classista em defesa dos trabalhadores, da soberania e do povo brasileiro. Parabenizamos todos os candidatos que participaram democraticamente do pleito, assim como os eleitores que valorizaram essa importante conquista.

Uma conquista histórica!

A participação de um representante dos trabalhadores no Conselho de Administração de empresas públicas é uma recente conquista da classe trabalhadora e, em especial, da FUP, que desde a sua fundação luta pela democratização da gestão da Petrobrás. Pleito que foi levado pelos petroleiros ao presidente Lula, logo após a sua eleição, em 2002.

No dia 29 de dezembro de 2010, após dois anos de tramitação no Congresso Nacional, foi sancionada a Lei nº 12.353, que assegura o direito de trabalhadores elegerem um representante do Conselho de Administração de empresas públicas, sociedade de economia mista, subsidiária e suas controladoras em que a União detenha maioria do capital social. Foi a resposta do então presidente Lula a uma reivindicação histórica da classe trabalhadora, principalmente dos petroleiros, que, através da FUP e de seus sindicatos, tanto lutaram pela democratização da gestão da Petrobrás.

 

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.