Em votação histórica, categoria do Norte Fluminense rejeita primeira proposta de Acordo Coletivo da Petrobrás

Terça, 18 Agosto 2020 09:23

Em uma votação histórica a categoria petroleira do Norte Fluminense aprovou o indicativo de rejeição da proposta de Acordo Coletivo apresentada pela Petrobrás na última mesa de negociação. Quase 99% dos participantes aprovaram os indicativos dos sindicatos petroleiros e da FUP . Foram 1861 a favor da rejeição da proposta, 32 contra e 18 abstenções

Essa também foi a maior participação já registrada dos trabalhadores e trabalhadoras em assembleia de avaliação da primeira proposta de Acordo Coletivo, que congela salários, retira direitos, aumenta a insegurança da categoria e atacam as organizações sindicais. Mais de 1900 pessoas votaram.

No Norte Fluminense a categoria petroleira iniciou as assembleias no dia 13 de agosto através de votação on line e se estendeu até esta sexta-feira, 17 quando foram recolhidos os últimos votos delivery de aposentados e pensionistas.

Por conta das condições excepcionais de restrição ao contato social, devido à pandemia de Coronavírus, a diretoria do Sindipetro-NF organizou um novo formato de votação que possibilitasse a participação de todos e todas.

Sobre o indicativo de Aprovação da prorrogação/renovação do atual Acordo Coletivo, a votação da categoria do Norte Fluminense foi de 1874 a favor, 28 contra e 09 abstenções.

Veja o resultado final da votação:

  Rejeição da contraproposta patronal              
                       
Rejeito a contraproposta patronal 1861 97,39%                  
Aprovo a contra proposta patronal 32 1,67%                  
Abstenção 18 0,94%                  
                       
                       
                       
Prorrogação do atual ACT até o fim do estado de calamidade pública causado pela pandemia de COVID-19 e celebração de novo ACT
                       
A favor da prorrogação 1874 98,06%                  
Contra a prorrogação 28 1,47%                  
Abstenção 9 0,47%

[Via Sindipetro-NF]

Publicado em SINDIPETRO-NF

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram