updated 6:27 PM CDT, Jul 20, 2018
Domingo, 22 de Julho de 2018

Corte de custos gera morte na Reduc

Depois de quase um ano o DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte declarou, via ofício ao Sindicato, que a Gerência Geral da REDUC é a responsável pela rótula que fica na entrada da Refinaria: "Os trevos de acesso, a empreendimentos comerciais ou residenciais, a responsabilidade pela conservação desses acessos é do proprietário da área, no caso do trevo da PETROBRAS."

Esta solicitação de responsabilidade exigida pela direção do Sindipetro Caxias aos órgãos públicos se deve ao acidente que ocorreu em janeiro deste ano, quando um motorista morreu ao cair um tronco de árvore em seu carro enquanto descansava no veículo. Desde então, o Sindicato vem buscando o responsável pelo acidente para que a família da vítima seja indenizada e para que novos acidentes por falta de manutenção não aconteçam. 

Em um jogo de empurra, nem a CONCER ou a Petrobrás assumiram a responsabilidade pela conservação da área após o trágico acidente. Sendo assim, o Sindicato procurou a CONCER (Concessionária da BR-040), ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e até mesmo a Secretária de Transporte do Estado, para que fosse desvendado o tal mistério, que foi esclarecido esta semana pelo DNIT. 

A direção do Sindipetro Caxias irá procurar a gerência da Refinaria para que sejam tomadas as devidas providências e nenhum outro acidente ocorra por falta de compromisso com a segurança de quem transita no entorno da fábrica.

Fonte: Sindipetro Duque de Caxias

Mídia