Sindipetro-ES participa da articulação da Frente em Defesa da Petrobrás

Quinta, 19 Outubro 2017 16:42

Junto com os Sindipetros da Bahia, Ceará, Pernambuco e Paraíba, Rio Grande do Norte, Sergipe e Alagoas, o sindicato capixaba articula uma Frente Ampla em Defesa da Petrobrás. Nesta quarta-feira, 18, a diretora Patrícia Jesus foi a Recife participar de uma reunião com representantes desses estados para colaborar na organização da aliança.

Os objetivos da Frente são lutar contra a privatização da empresa, defender a soberania nacional, através da retomada de investimentos e do fortalecimento da Petrobrás enquanto estatal inserida em um projeto de desenvolvimento nacional, além da criação de um calendário de ações organizadas com movimentos sociais e sindicais.

Estiveram presentes também representantes da Federação Única dos Petroleiros - FUP, de movimentos estudantis, do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra - MST, da Confederação Nacional do Ramo Químico - CNQ e movimentos sindicais. Os representantes de cada sindicato e entidade alinharam a situação de desinvestimentos em cada estado.

Patrícia celebra a união dos sindicatos neste momento tão difícil para a categoria e economia do país. “É importantíssimo que os petroleiros unam forças para apoiar o movimento. Posteriormente, vamos realizar visitas em cada estado para que todos os membros desta Frente entenda a realidade dos trabalhadores e possam fortalecer a luta contra o desmonte e pela retomada dos investimentos nas regiões”.

Fonte: Sindipetro-ES

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram