97,13% dos petroleiros da REDUC, UTE-GLB e TECAM rejeitam proposta de ACT da Petrobrás

Sexta, 23 Setembro 2016 15:15

Começou no dia 22 de setembro, dia Nacional de luta e paralisações da Classe Trabalhadora, as assembleias nas bases do Sindipetro Caxias para a votação da pauta sugerida pela FUP que tem quatro pontos: rejeição da proposta de Acordo Coletivo de Trabalho apresentada pela Petrobrás, aprovação da “Operação Para Pedro”, do estado de greve e de assembleia permanente.

Sem nenhum voto contra, participaram das assembleias na REDUC, UTE-GLB e TECAM 314 petroleiros até o momento. Apenas nove trabalhadores abstiveram-se do voto.

As assembleias acontecem até o dia 28 de setembro.

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram