Trabalhadores da UTGC de Cacimbas aprovam pauta nacional de paralisação

Terça, 14 Julho 2015 16:45

No Espírito Santo, a primeira assembleia do calendário de mobilização em Defesa da Petrobras aconteceu em Cacimbas, na manhã desta terça-feira, 14, onde os trabalhadores aprovaram o estado de greve, a taxa assistencial e a paralisação de geral no próximo dia 24 de julho.

Cerca de 350 petroleiros pararam por três horas em protesto à política de desinvestimentos anunciada pelo Conselho de Administração da Petrobras e as manobras de alguns parlamentares no Congresso Nacional, como o senador José Serra(PSDB de São Paulo) e Ricardo Ferraço (PMDB do ES) que tentam aprovar a PLs 131 que muda o regime de partilha do Pré-Sal, entregando -o para o capital estrangeiro. 

Na semana passada uma forte movimentação da Fup e de seus sindicatos nos gabinetes dos senadores e deputados fez com que o Projeto de Lei fosse retirado do regime de urgência do Senado Federal.

Amanhã(15), acontece mais uma assembleia com  trabalhadores da UTG -Sul, em Anchieta, às 7 horas

Petroleiros e Petroleiras, luta e resistência!

Defender a Petrobras é defender o Brasil.

Fonte: Sindipetro -ES

Publicado em SINDIPETRO-ES

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram