José Maria Rangel é o mais votado para o CA da Petrobrás

Sexta, 08 Fevereiro 2013 09:50

 

 

FUP

Segundo turno começa dia 23. FUP e seus sindicatos convocam a categoria a eleger Zé Maria

A eleição para a vaga dos trabalhadores no Conselho de Administração da Petrobrás terá segundo turno entre Zé Maria Rangel, que conquistou 4.568 votos, e Sílvio Sinedino, que obteve 4.565 votos. Ao todo, 127 candidatos disputaram o primeiro turno, onde foram registrados um total de 18.050 votos. O segundo turno da eleição começa no dia 23 de fevereiro e segue até 03 de março.

A FUP e seus sindicatos parabenizam todos os candidatos e eleitores que participaram do pleito, valorizando essa importante conquista, que é a participação dos trabalhadores no CA da Petrobrás.

No segundo turno, a FUP e seus sindicatos apóiam Zé Maria Rangel e convoca os petroleiros a votarem em um representante lutador, com uma trajetória sindical classista de defesa da categoria e que de fato conhece o dia a dia dos trabalhadores. Não se omita diante desta conquista e participe da eleição, ciente da sua responsabilidade com o coletivo.

Dificuldades no sistema de votação

 

A FUP denunciou à Petrobrás diversos problemas no sistema de votação, que dificultaram a participação dos trabalhadores no processo eleitoral. Os trabalhadores se queixaram de que os links de votação não ficaram visíveis no portal da empresa e que quando conseguiram encontrar o atalho para a votação, o sistema levava até uma hora para concluir o voto. Isso prejudicou, principalmente, os petroleiros das unidades operacionais, que, devido à rotina de suas atividades, não têm a mesma facilidade de acesso à internet que os demais trabalhadores. A FUP levou essas informações ao RH, à Comunicação e ao TI da Petrobrás e cobrou solução para os problemas.

 

Não queremos acreditar que essas dificuldades sejam propositais, para dificultar a participação dos trabalhadores operacionais na eleição do CA, como já aconteceu no ano passado. Por isso, a FUP e seus sindicatos reiteram à categoria que, independentemente dessas dificuldades, insista e garanta a participação na eleição que irá definir o seu representante no Conselho de Administração da Petrobrás. Não permitam que essas manobras da empresa comprometam uma conquista tão importante como essa.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.