Imprimir esta página

Sindicato acompanha parada da Fafen

Segunda, 25 Fevereiro 2013 10:07

Sindipetro-BA

Os diretores Deyvid Bacelar, André Araújo, Agnaldo Soares e Sérgio Neri, acompanhados dos militantes de base Eliezer e Marcão, tiveram extensa reunião com a Comissão de SMS da Fafen.

Todas as pendências foram tratadas e ficou agendado um calendário de reuniões para os dias 25 de abril, 27 de junho, 29 de agosto, 31 de outubro e 17 de dezembro.

Aos diretores, a gerência de SMS assumiu que houve falha na informação do acidente que quase matou o TO Marcos e se comprometeu que todo Alerta de SMS, a partir de agora, será comunicado aos empregados através do Lotus Notes.

O relatório de investigação e análise do acidente será divulgado à toda força de trabalho e uma cópia será entregue ao sindicato.  Sobre os riscos dos elevadores da torre de granulação da Fafen – o Sindicato denunciou vários acidentes - a empresa ficou de apresentar um plano de ação que corrija os riscos, mas a direção do Sindipetro Bahia alertou que o modelo do elevador em operação não é o adequado para uma planta industrial como a da Fafen.

Os diretores do Sindipetro Bahia questionaram a segurança patrimonial definida pela empresa na parada de manutenção geral da Fafen, entre 25\2 e 26\3.

Eliezer e André Araújo alertaram sobre a necessidade de mais Inspetores de Segurança Interna para garantir a segurança das quase 1.800 pessoas usadas na parada - a SSP programou apenas 5 ISI – mas a gerência de RH “lavou as mãos” e transferiu a responsabilidade para a SSP.

O Sindipetro Bahia garantiu a participação do diretor Sérgio Neri no grupo de trabalho que acompanhará a parada de manutenção, nas inspeções de segurança, auditorias comportamentais, nas Comissões de investigação e análise de desvios, incidentes e acidentes.

Publicado em SINDIPETRO-BA