Petroleiros da Regap e Termelétrica Aureliano Chaves também protestam contra mortes na Petrobrás

Sexta, 09 Novembro 2012 14:23

Sindipetro/MG

Com a participação expressiva dos trabalhadores do turno e HA, a categoria de Minas Gerais demonstrou repúdio e indignação quanto a falta de segurança que vem assassinando companheiros, a maior parte terceirizados, no Sistema Petrobrás. O atraso na entrada do expediente aconteceu na Regap e na Termelétrica Aureliano Chaves nesta sexta-feira, 09. As mobilizações aconteceram em todo país com atos, protestos e atrasos.

Ainda nesta sexta-feira, às 15h, a direção da FUP e seus sindicatos estarão reunidos com o diretor Corporativo e de Serviços da Petrobrás, José Eduardo Dutra, para cobrar da empresa respeito à vida e um posicionamento sobre o SMS.

Já chega a 12 o número de mortes somente este ano.

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram