Greve mobiliza quatro mil trabalhadores terceirizados da Regap

Terça, 19 Junho 2012 14:02
Sitramonti/MG

Cerca de quatro mil trabalhadores da Montagem Industrial das empresas que prestam serviços dentro da refinaria Gabriel Passos (REGAP), em Betim, Minas Gerais, encontram com suas atividades funcionais paralisadas desde 31 de maio.

A paralisação se deu por revolta dos trabalhadores ao perceberem que seus direitos trabalhistas e sociais não estão sendo cumpridos pelas empresas empregadoras.

Os trabalhadores já enviaram varias reclamações ao sindicato que, por sua vez, têm convocado essas empresas para constantes reuniões, mas os problemas pontuais apresentados não foram resolvidos.

Houve, inclusive, paralisação dos trabalhadores neste 04 de maio pelos mesmos motivos, quando reuniram-se SITRAMONTI-MG, empresas e a REGAP. Nessa ocasião, foram definidas varias questões, mas que em sua maioria não foram cumpridas pelas empresas.

Os trabalhadores reclamam e reivindicam:

Alojamento para os trabalhadores vindos de outros Estados, a convite dos encarregados;
Igualar os salários dos trabalhadores contratados nas obras da Refinaria;
Melhorar o valor pago em substituição da cesta básica física para o valor de R$180,00 para todos os colaboradores;
Convênio Médico que atenda a todos, os trabalhadores da mesma forma;
Contratar trabalhadores da comunidade;
Trazer os escritórios de contratação de mão de obras para as proximidades da REGAP, facilitando o deslocamento dos candidatos a emprego e também quando houver necessidade de resolver qualquer problema relativos a documentos;
Todos os trabalhadores das subcontratadas terão os mesmos direitos das contratantes;
Regulamentar a condição de direito a folga de campo dos trabalhadores alojados, colocando que a cada 3 (três ) meses a empresa deverá quitar com o trabalhador o direito a folga, sendo liberando o mesmo para ir visitar a família ou realizando o pagamento dos dias de direito, podendo o trabalhador escolher o que melhor trabalhar e receber ou folgar;
Os trabalhadores que trabalham distantes dos refeitórios, solicitam para as empresas redefinir seus tempos de deslocamento, entre o canteiro de obras e o refeitório, pois estão gastando mais de 20 (vinte) minutos nesses deslocamentos, encurtando, assim, o horário de alimentação;
Vale transporte ou contratação de transportes até o centro de BH;
Discutir sobre os dias de paralisação.
A Diretoria do SITRAMONTI-MG informa que está intensificando os trabalhos para fechar acordo satisfatório entre as partes.

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram