Replan: Greve termina às 15h30, mas trabalhadores anunciam que não voltarão a zero hora

Sexta, 13 Fevereiro 2015 13:56

A greve dos petroleiros da Replan (Refinaria de Paulínia) termina às 15h30 de hoje (13.02). No início desta manhã, cerca de 700 funcionários do setor administrativo não entraram na empresa. Os trabalhadores que iniciaram a jornada nesta quarta-feira, às 7h30, deixam a refinaria agora à tarde, mas já anunciaram que não farão rendição do turno da zero hora, conforme escala determinada pela empresa.

Os petroleiros entraram em greve ontem, às 15h30. A paralisação é de 24 horas e reivindica o aumento do efetivo da ETA (Estação de Tratamento de Esgoto) e mais segurança no trabalho. A categoria também protesta pelas mortes dos cinco petroleiros no navio-plataforma, ocorridas no Espírito Santo.

Em solidariedade a esses trabalhadores e suas famílias, o grupo de operadores que permanece na refinaria desde ontem de manhã, e que sai hoje às 15h30, decidiu, em assembleia interna, não retornar ao trabalho hoje à noite, de acordo com a escala. Com isso, os operadores que entrarão no turno das 15h30 terão que dobrar a jornada e voltam para casa amanhã (14.02) cedo.

Desde ontem, os dirigentes sindicais permanecem de prontidão nos portões de acesso da refinaria e aguardam por uma posição da gerência da Replan. Até às 12h de hoje, a empresa não havia apresentado nenhuma nova proposta em relação à reivindicação da categoria.

Fonte: Sindipetro Unificado de São Paulo

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram