Saúde em risco: gerente da Recap pensa que é doutor

Quinta, 23 Agosto 2012 08:55
Sindipetro Unificado-SP

Os desmandos na SMS/Saúde da Recap continuam: agora, gerentes e coordenadores acham que são doutores e passam por cima da lei ao negarem aos trabalhadores o direito de se ausentarem devido a problemas de saúde. Além de não aceitarem os atestados médicos, ainda descontam o valor dos dias dos trabalhadores.

A Lei 605/49 garante o pagamento em caso de afastamento por doença devidamente comprovado, e essa comprovação é o atestado médico, que alguns gerentes não querem aceitar, como se tivessem conhecimentos de medicina para invalidar a posição do médico do convênio, ou particular.

Assim, a gerentada pressiona o setor de Saúde a não aceitar atestados médicos, o que é uma grande irresponsabilidade, tanto da gerência quanto dos profissionais de saúde, próprios ou das empresas terceirizadas.

Vamos conviver com respeito e sem assédio moral sobre os trabalhadores!

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram