Sindicato prepara dossiê da Bacia de Campos

Sexta, 07 Fevereiro 2014 10:13
Avalie este item
(0 votos)

Sindipetro NF

A diretoria do Sindipetro-NF convocou a categoria petroleira a se  posicionar em defesa da vida, realizando assembleias no último domingo, 2, para levantar as pendências das unidades. Inclusive situações consideradas como de risco grave e iminente e vazamentos, incêndios e acidentes ocorridos nos últimos 60 dias. Agora a diretoria do sindicato começa a montar o dossiê da Bacia de Campos, com base no que foi enviado pela categoria, e que posteriormente será encaminhado às autoridades competentes (ANP, SRTE e Petrobrás).

No próximo dia 25, o Conselheiro do CA, José Maria Ferreira Rangel tratará do dossiê na sua intervenção na reunião do Comitê de Segurança, Meio Ambiente e Saúde do Conselho de Administração da Petrobrás, que foi adiada novamente e cuja  pauta inclui as ocorrências nas refinarias e o incêndio em P-20. Ainda nessa pauta, o Conselheiro Zé Maria pretende incluir o descumprimento do item 2.6 dos Princípios Operacionais do E&P por parte das diretorias de Engenharia e E&P, no caso de P-62. Conforme definido na reunião ocorrida na sexta, 24, entre sindicato e SMS da UO-RIO, o diretor do Sindipetro-NF, Norton Almeida, embarcou em P-62 na quarta, 5, para conhecer a unidade e conversar com os trabalhadores sobre o incêndio.

Nos últimos meses ocorreram acidentes nas unidades de P-20, P-07, P-62, P-40 e P-53, que estão diretamente relacionados à  incapacidade da empresa em tratar a gestão de SMS. Após essas assembleias, outros fatos que colocam em risco a vida das pessoas a bordo e sua segurança foram denunciadas pelos petroleiros. Em P-38, no dia 1 de fevereiro,  um painel de uma das bombas do Sistema Hidráulico do Offloading entrou em curto, soltando fumaça e descargas elétricas. no momento, em que havia dois trabalhadores no local. Na mesma unidade, no final do ano, um canhão do gerador de gás Inerte, que pesa  centenas de quilogramas, projetou-se de encontro ao painel elétrico do ventilador do mesmo gerador. Existem duas bombas de incêndio a bordo, mas apenas uma está liberada para operação em emergência.

Em P-35, no dia 24 de janeiro aconteceu um acidente grave com um trabalhador da área de movimentação de carga, que  fraturou a perna ao ser atingido por um saco de areia, após rompimento de alça de bolsa de transporte carregada com 880kg.
 Mesmo com o fim do prazo, as plataformas devem realizar assembleias e encaminhar as atas ao sindicato, imediatamente.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram