Trinta e quatro plataformas aprovaram movimento que acontece nesta quinta

Quarta, 02 Outubro 2013 19:42

Sindipetro-NF

Trinta e quatro plataformas aprovaram o indicativo não emissão de PT como mobilização no dia 3 de outubro, data em que a Petrobrás completa 60 anos. Duas plataformas se posicionaram contra, mas devem aderir ao movimento. O Sindipetro-NF orienta àquelas unidades que não realizaram assembleias, que façam setoriais para avaliar sua adesão.

O movimento é pelo ACT, contra os leilões previstos pela ANP e contra a aprovação no congresso do PL 4330 que vai permitir a terceirização da atividade fim e precarizar ainda mais as relações de trabalho no Brasil.

Em Cabiúnas, ainda falta a realização da assembleia com o grupo A, que será realizada na entrada do turno desse grupo.

Os petroleiros realizam quinta-feira, 03, em todo o País mobilizações da Campanha Reivindicatória, contra o Leilão de Libra e pela derrubada do Projeto de Lei 4.330, da Terceirização. No Norte Fluminense, a categoria realiza ato público em local surpresa no início da manhã. Nas plataformas, os trabalhadores mantêm a emissão de PTs (Permissões de Trabalho) paralisada durante 24 horas. Neste mesmo período, os petroleiros da base de Cabiúnas realizam Operação Padrão. Os indicativos do NF foram aprovados em assembleias realizadas desde a última sexta, 30.

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram