Petroleiros da Baker no NF rejeitam proposta de ACT e Sindipetro busca avanço nas negociações

Em assembleia realizada no último dia 22, petroleiros e petroleiras da Baker Hughes do Brasil rejeitaram a proposta de Acordo Coletivo de Trabalho feita pela empresa. Entre os 48 participantes da assembleia online, 45 foram contrários à proposta, 3 foram favoráveis. Não houve abstenções.

De acordo com o Departamento de Trabalhadores do Setor Privado, após a rejeição, o próximo passo é a busca pela retomada das negociações com a empresa, para que seja construída uma proposta que contemple as reivindicações da categoria.

A assembleia também teve como pauta a eleição do delegado sindical da base. O eleito pela categoria foi o petroleiro Italo Nazario Costa de Souza.