Petroleiros fazem ato nesta tarde no Edificio sede da Petrobrás em Macaé

Quinta, 12 Novembro 2015 15:28

Continuam intensas as mobilizações nas instalações de terra da Petrobrás na região neste 12º dia de greve dos petroleiros nas bases da FUP (Federação Única dos Petroleiros). No início desta tarde, diretores do Sindipetro-NF e trabalhadores que se somam às atividades sindicais realizaram ato na entrada do Edinc (Edifício Novo Cavaleiros), uma das bases administrativas da companhia em Macaé.

O sindicato deu informes sobre as negociações com a Petrobrás +e chamou os petroleiros administrativos a também ingressarem na greve, que tem adesão maciça de 50 unidades marítimas na Bacia de Campos e do Tecab (Terminal de Cabiúnas).

A base de Imbetiba, a maior unidade administrativa da Petrobrás em Macaé, tem contado com bloqueios e atos. Ontem, uma manifestação manteve por três horas os trabalhadores concentrados no portão da base. Parte destes petroleiros seguiram depois em passeata pelas ruas do Centro do município, até a sede do sindicato.

Hoje pela manhã, diretores do Sindipetro-NF também realizaram ato em Campos, no aeroporto Bartolomeu Lisandro.
Em todas estas atividades, os sindicalistas explicam a Pauta pelo Brasil, que defende a manutenção dos investimentos da Petrobrás, a geração de empregos e a continuação de investimentos sociais com recursos originados pela produção de petróleo.

[Diretores do NF e militantes da base em frente ao Edinc, em Macaé - Foto: Luiz Bispo / Para Imprensa do NF]

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram