Petroleiros e movimentos sociais fazem ato na porta do Edise para pressionar Petrobrás durante reunião com a FUP

Segunda, 09 Novembro 2015 10:57

Enquanto a direção da FUP e seus sindicatos estão reunidos com a Petrobrás, na sede da empresa no Rio de Janeiro, os demais diretores dos sindicatos dos petroleiros e integrantes de movimentos sociais estão na porta do Edise, realizando um ato público para pressionar a empresa a atender as reivindicações da Pauta pelo Brasil.

No início desta manhã, já estavam na porta da sede da companhia para o protesto dirigentes da FUP, do Sindipetro-NF, Sindipetro-Caxias, da CUT-RJ e da Confederação Nacional dos Metalúrgicos. Do Norte Fluminense, dois ônibus com militantes sociais, um de Campos e outro de Macaé, estão seguindo para o Rio.

Após a reunião com a Petrobrás, a Federação vai se reunir para avaliar o resultado do encontro com os gestores. Enquanto isso, o indicativo é de fortalecimento da greve nacional dos petroleiros, iniciada nas bases da FUP no dia 1º de novembro.

Confira o quadro nacional da greve: http://www.fup.org.br/…/18538-quadro-nacional-da-greve-nas-…

 

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram