Bacia de Campos tem 49 unidades marítimas em greve

Domingo, 08 Novembro 2015 13:28

Petroleiros da plataforma PRA-1, na Bacia de Campos, aderiram à greve nacional da categoria. Com mais esta adesão, o quadro geral no Norte Fluminense é de 49 unidades marítimas no movimento. Destas, 26 estão completamente paradas, três parcialmente paradas e 20 operadas por equipes de contingência.

A plataforma PRA-1 está sendo operada pela equipe de contingência da Petrobrás, com trabalhadores em greve a bordo. A unidade é estratégica por desempenhar atividade de rebombeio.

A greve na região também conta com intensas mobilizações no Terminal de Cabiúnas e na base de Imbetiba, em Macaé, com bloqueios nos portões, controle de carregamento de gás e protestos diários.

Fonte: Sindipetro NF

Publicado em GREVE 2015

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.