Gestão da P-62 dá calote em trabalhadores e não paga reembolso do teste de Covid-19

Como se não bastassem os prejuízos emocionais e físicos, que o descaso da Petrobrás tem gerado nos trabalhadores, agora, a gestão também deixa prejuízos financeiros.

Segundo denúncias dos trabalhadores da P-62, a gestão enviou um comunicado informando que os trabalhadores deveriam fazer um teste de Covid-19 cinco dias antes do embarque. O valor do teste seria reembolsado após apresentação da Nota Fiscal.

Mas, para a surpresa dos trabalhadores, que agiram de boa fé e realizaram o teste, alguns dias depois, o mesmo Geplat enviou uma nova mensagem informando que não haveria o reembolso. Com isso, os trabalhadores tiveram um prejuízo médio de R$200,00, valor este pago para realização do exame de forma particular.

Para o Sindicato, essa foi mais uma ação de criminal da gestão, em uma tentativa de economizar recursos próprios com testes nos trabalhadores.

O setor jurídico do Sindipetro-NF irá tomar as providências jurídicas cabíveis para punir criminalmente o responsável pela falsa informações.

A entidade solicita a todos os trabalhadores, que tenham sido prejudicados que enviem as provas para o e-mail [email protected]

[Da imprensa do Sindipetro NF]