Após mais de 12hs de negociação, Petrobrás apresenta nova proposta econômica

Quinta, 10 Novembro 2011 22:00
Conselho Deliberativo da FUP avalia todas as cláusulas da proposta nesta sexta-feira,11.

Imprensa da FUP

Nesta quinta-feira, 10, a FUP voltou a se reunir com a Petrobrás e subsidiárias para mais uma rodada de negociação. A reunião foi agendada pela empresa, em cumprimento ao prazo estabelecido pela Federação e seus sindicatos para a apresentação de uma nova proposta que atenda às principais reivindicações dos trabalhadores. Antes da reunião, a FUP protocolou um documento cobrando uma discussão com a empresa sobre os procedimentos durante a greve que foi aprovada pela categoria nas assembléias.

A FUP tornou a destacar na mesa de negociação os principais pontos da pauta dos trabalhadores, que não foram atendidas pelas empresas do Sistema Petrobrás, como SMS, benefícios, PCAC, ATS, dobradinha, fundo garantidor para os trabalhadores terceirizados, horas extras para regime administrativo, anistiados, ganho real, entre outros pontos do ACT. A Federação também voltou a cobrar que o acordo seja único para todos os trabalhadores do sistema. A reunião de negociação se estendeu ao longo de todo o dia, prosseguindo até  à zero hora desta sexta, com a FUP buscando na mesa, os principais pontos elencados pelos sindicatos no Conselho Deliberativo.

Após a oitava rodada de negociação, a Petrobrás apresentou uma nova proposta para as cláusulas econômicas com o reajuste de 10,71% da Remuneração Mínima por Nível e Regime (RMNR), que corresponde ao ganho real de até 3,25%, abono de 100% de remuneração bruta ou o piso de 6 mil. O Conselho Deliberativo da FUP se reúne nesta sexta-feira, 11, e no sábado, 12, no Rio de Janeiro, para avaliar a nova proposta apresentada pela empresa e apontar os próximos encaminhamentos em relação à campanha.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram