Petroleiros fazem operação surpresa na Usina do Xisto

Domingo, 06 Novembro 2011 22:00
Os petroleiros deflagraram na entrada do turno da manhã a operação surpresa chamada de “rigorosa disciplina operacional na passagem de turno”.

 Sindipetro PR/SC

A surpresa do Sindipetro Paraná e Santa Catarina desta segunda-feira (07) aconteceu na Usina do Xisto (SIX), em São Mateus do Sul. Os petroleiros deflagraram na entrada do turno da manhã a operação surpresa chamada de “rigorosa disciplina operacional na passagem de turno”.

Os turneiros que deixariam a unidade permaneceram no local para debater com o grupo que os substituiriam sobre assuntos relativos à segurança, efetivo, plano de cargos, ambiência, terceirização e demais temas que fazem parte da pauta de reivindicações dos petroleiros para o Acordo Coletivo de Trabalho 2011/2013.

De acordo com o dirigente sindical local Rui Rossetim, a operação teve o objetivo de pressionar pelo atendimento aos pleitos da FUP na negociação do ACT e serviu também para avaliar as rotinas e procedimentos da Usina, principalmente em relação aos aspectos de confiabilidade, segurança operacional e das pessoas. “Durante a operação, lembramos os trabalhadores que estamos em assembleia permanente e estado de greve por tempo indeterminado, com a realização da ‘Operação Grabielli’, e que toda esta mobilização é legítima, pois foi aprovada em assembleia pela categoria”, afirmou Rossetim.

A operação surpresa ocupou a SIX por duas horas e contou com ampla adesão dos petroleiros. “Também reafirmamos o mote da campanha reivindicatória, que é ‘a vida sim é a nossa energia; exploração só de petróleo”, concluiu Rui.

 

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram