Em Pernambuco, petroleiros intensificaram mobilização no Terminal de Suape

Quinta, 20 Outubro 2011 22:00
No dia 19, os trabalhadores do Terminal Suape também honraram a tradição de luta dos petroleiros(as) participando de mais um ato para pressionar a Petrobrás.

Sindipetro PE/PB

No dia 19, os trabalhadores do Terminal Suape honraram a tradição de luta dos petroleiros(as) participando de mais um ato para pressionar a Petrobrás a atender às reivindicações dos trabalhadores. Durante a mobilização foram levantados diversos assuntos pertinentes à falta de gestão da gerência e da coordenação do terminal.

Veja alguns pontos:  

Tem setor no TA Suape que impera o nepotismo; os terceirizados estão sendo colocados na rua e em seu lugar entram familiares.

A insatisfação com o atual contrato da prestadora de serviço da alimentação é geral, fruto da mesquinhez de economia feito pela gerência.

 O painel de controle da sala de operações está em situação caótica. Várias válvulas estão sem comunicação com o campo, ou seja é uma roleta russa! A entidade imputa à gerência e à coordenação do terminal qualquer ônus que venha ocorrer em um acidente.

O abastecimento de navios (com Bunker) vem ocorrendo sem procedimento e com a anuência da coordenação. A forma pela qual a empresa promove pessoas sem a devida experiência profissional acaba culminando com ações que expõem os trabalhadores a riscos de acidentes. A solução é valorizar a prata da casa, que vem amassando o barro há décadas e não é reconhecida.

O coordenador do terminal, durante o ato, ligou para um diretor do sindicato dizendo que se o pessoal entrasse para trabalhar naquele momento não haveria desconto das horas paradas! Essa forma de assédio foi rechaçada pelos trabalhadores que continuaram o movimento de 2 horas.

Durante o ato foi destacado o trabalho escravo que ocorre no laboratório do TA Suape. Existem trabalhadores com jornada de trabalho com mais de 16 horas, pois um iluminado sem escrúpulo, reinventou uma escala de turno defasada para mostrar serviço ao seu chefinho e com isso a ideia foi comprada e implementada...! Ta aí....! trabalho escravo e falta de gerenciamento no TA Suape.

Mobilização em Cabedelo

Em Cabedelo houve mobilização de 2 horas com a presença de parte dos trabalhadores do horário administrativo, que honraram a deliberação local e estão unidos às demais bases do Brasil. Parabéns a todos os trabalhadores do Estado de Pernambuco e Paraíba que participaram da mobilização e lamentamos a ausência daqueles que se dizem ser oposição à entidade, e optaram em ficar do lado do chefinho comendo bolachinha e tomando café, no ar condicionado em vez de estar na luta buscando pressionar a empresa para alcançar um ACT vantajoso para todos!

 

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram