FUP e Sindicatos realizam Seminário Nacional de Preparação de Greve no próximo dia 11

Domingo, 02 Outubro 2011 21:00
Assembléias a partir desta terça para avaliar os indicativos de mobilização no dia 19 e estado de greve

 Imprensa da FUP

A FUP e seus sindicatos, reunidos no Conselho Deliberativo nesta segunda-feira, 03, no Rio de Janeiro definiram um calendário de lutas para pressionar a Petrobrás a atender as reivindicações da categoria. O Conselho deliberou o dia 17 como data limite para a empresa apresentar sua contraproposta e a realização no próximo dia 11 de um Seminário Nacional de Preparação de Greve.

Também foi indicado um dia nacional de mobilização no dia 19, com atrasos de no mínimo duas horas nos turnos e no expediente do administrativo, com cortes nas emissões de PTs. O Conselho Deliberativo definiu ainda a realização de seminários locais de preparação de greve até o dia 19 e assembléias a partir do dia 04 ao dia 17, para que os trabalhadores avaliem os seguintes indicativos:

  • Mobilização Nacional no dia 19, com atrasos de no mínimo duas horas nos grupos de turno e no administrativo, com cortes na emissão de PTs,
  • Assembléias Permanentes
  • Estado de Greve

 Antecipação da reposição da inflação

A antecipação da reposição da inflação conquistada pela FUP será paga no dia 25 para os trabalhadores, aposentados e pensionistas cujos sindicatos assinarem o Termo de Compromisso até às 12h da próxima segunda-feira (10). O pagamento será retroativo a setembro. A antecipação fortalece a luta da categoria por ganho real e todas as demais reivindicações, cujos principais eixos são defesa da vida, aumento de efetivos, igualdade de direitos, melhoria dos benefícios, fim das práticas antissindicais.

Clique aqui para ler a íntegra do Termo de Compromisso de antecipação da ainflação.

 

Mídia

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.

Instagram