Barão de Itararé promove curso “O Lado B do Jornalismo”

Centro de Estudos de Mídia Barão de Itararé

O Centro de Estudos Barão de Itararé e a Escola Livre de Jornalismo promovem o curso O lado B do jornalismo. Nesta primeira edição, o curso terá quatro aulas: jornalismo político (Maria Inês Nassif – do sítio Carta Maior), jornalismo econômico (Luis Nassif – blog do Nassif), telejornalismo (Luis Carlos Azenha – Viomundo e Record) e técnicas de redação (Leandro Fortes – Brasília eu vi e Carta Capital).

INSCRIÇÕES LIMITADAS: garanta sua vaga preenchendo a ficha ao final da página!
 
O objetivo do curso é complementar a formação universitária a partir de um olhar crítico e provocador do jornalismo. O público alvo são estudantes de comunicação, estudantes em geral, jornalistas recém-formados, blogueiros, comunicadores sociais e todos os que tiverem interesse em conhecer as ferramentas da construção da notícia.
 
As aulas serão aos sábados, das 14h às 18h, nos dias 14/04, 21/04, 05/05 e 12/05.
 
As inscrições são limitadas, 50 vagas, e podem ser feitas pelo preenchimento da ficha ao final desta página ou através do e-mail [email protected] A taxa de inscrição é de R$ 200,00, e será paga através do sistema PagSeguro, podendo ser parcelada.
 
Ementa dos cursos
 
1 – Jornalismo Político: da notícia à opinião
Objetivo – O objetivo desta aula é dar um panorama sobre o trabalho de construção da notícia da editoria de política, desde a definição da pauta, passando pela apuração, produção até a edição. Discutir a crescente contaminação da opinião nas notícias. Como e porque isso se dá e como evitar.
Conteúdo – Discutir como na cobertura política se dá a construção das pautas na redação. Como se dá a divisão da cobertura local, regional e nacional? Há espaços pré-definidos para cada uma delas? Como se dá a apuração das notícias? Como se definem as fontes para a construção das notícias? Há uma “linha editorial” a ser seguida na construção da notícia? Isso se reflete na definição das fontes? Como tratar temas polêmicos sem cair no senso comum da “opinião pública”? Como se dá a escolha do título e das imagens que acompanham as matérias? O papel do editor?
2 – Jornalismo Econômico – popularizando a linguagem econômica
Objetivo – É corriqueiro ouvir entre as pessoas e até mesmo entre os estudantes de jornalismo que o caderno menos lido dos jornais é o de Econômica. Não porque não exista interesse em saber o que acontece nesta área tão importante para a sociedade. Mas por um “senso comum” de que é a parte mais difícil do jornal, com notícias muito técnicas e de linguagem difícil, cheio de jargões mercadológicos e conteúdos voltados para empresas e negócios. A proposta do curso é discutir o que pode ser feito para popularizar a editoria de Economia e como as redações tratam essa questão no dia-a-dia.
Conteúdo – Como escrever sobre economia para um público não especializado? Esse objetivo é alvo de preocupação das redações? Na definição das pautas e durante a sua apuração e produção, como o jornalista pode adotar uma linguagem mais acessível? Como tratar no texto jornalístico de economia o excesso de siglas sem tornar o texto maçante? Há termos a serem evitados pelos jornalistas para garantir a construção de textos mais populares?
3 – Telejornalismo: como é feito um telejornal.
Objetivo –Abordar todas as fases de produção de um telejornal. Da reunião de pauta, aos critérios para selecionar o noticiário do dia, à apuração e produção da reportagem.
Conteúdo –Como é a divisão de trabalho da equipe? Como se dá a apuração?
4 – Técnicas de Redação (ementa com Leandro Fortes).
Objetivo – Apresentação de instrumentos e critérios para elaborar pautas, notícias e reportagens, realizar entrevistas e utilizar as informações coletadas para a redação do jornalismo.
Conteúdo – O texto da notícia. Conceito de notícia. Técnica de redação de pauta e nota; a reportagem e a grande reportagem. Introdução à técnica da notícia jornalística: o discurso direto e o indireto. A contextualização de informações, inserção de citações, unidade, estilo. Edição: legendas, títulos, texto-legenda.