updated 8:11 PM BRST, Oct 20, 2017
Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2017

FUP e movimentos sociais fazem representação contra Pedro Parente na Procuradoria da República

Petroleiros e movimentos sociais que participaram do ato desta quinta-feira, 08, no Rio de Janeiro, contra a privatização da Petrobrás protocolaram na Procuradoria da República uma representação de impedimento de Pedro Parente, exigindo sua saída da presidência da Petrobrás.

Acesse aqui a íntegra da representação

Além de denunciar as medidas de sua gestão contra os interesses da nação, o documento ressalta a ilegitimidade do governo que o indicou e a existência de conflito de interesses, já que Parente é sócio fundador da Prada Consultoria. Esse grupo de gestão financeira e empresarial é presidido por sua esposa e especializado em maximizar os lucros dos milionários brasileiros, entre eles os detentores das 20 maiores fortunas do país.

“Terão as 20 famílias-clientes do Representado renunciado publicamente a qualquer operação financeira relacionada, ainda que indiretamente, à Petrobrás?”, questiona a FUP em um dos trechos da representação.

Em novembro, matéria da FUP já denunciava as relações perigosas de Pedro Parente

Mídia