updated 6:16 PM BRST, Nov 24, 2017
Sexta-Feira, 24 de Novembro de 2017

Com operação quase normalizada, Replan aumenta carga para suprir estoques

A linha de produção da Refinaria de Paulínia já está quase normalizada. O Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro Unificado-SP) levantou que a Replan opera hoje (08) com 85% da sua capacidade, carga acima do volume que vinha produzindo antes da parada emergencial, ocorrida no dia 1º de novembro. O aumento serve para suprir os estoques do abastecimento (gasolina, diesel e glp, entre outros), que foram prejudicados nesses últimos dias.

O Sindicato apurou que, até às 15h desta quarta-feira, apenas a unidade de propeno continuava parada, com a expectativa de entrar em funcionamento logo após a normalização do processo nas duas unidades de craqueamento – uma delas já havia entrado em operação e a outra encontrava-se em processo de partida. As duas unidades de HDS também já começaram a operar e devem estar em pleno funcionamento amanhã à tarde.

Segundo a direção sindical, a Replan criou uma comissão de acidentes, como havia sido solicitado, mas não incluiu o Sindicato. Hoje, um novo ofício foi enviado à gerência da refinaria, cobrando a participação de um representante do Unificado nas investigações.

Fonte: Sindipetro Unificado do Estado de São Paulo

Mídia