updated 11:39 AM BRT, Sep 20, 2017
Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017

Negociação com a Petrobrás é retomada nesta quinta, com os trabalhadores mobilizados

Assembléias estão aprovando calendário de luta e abaixo assinado contra abono discriminatório...

Imprensa da FUP

Em resposta à cobrança da FUP, a Petrobrás agendou para esta quinta-feira, 26, uma nova rodada de negociação. A reunião será às 16 horas, no Edifício Cidade Nova, no Rio de Janeiro. A proposta apresentada pela empresa não contemplou as reivindicações da categoria e foi rejeitada na mesa de negociação. Através do Conselho Deliberativo da FUP, os sindicatos indicaram a continuidade da negociação e um calendário de lutas, que inclui estado de greve, mobilizações por segurança e para pressionar a Petrobrás nos dias de negociação, uma paralisação nacional de oito horas no dia 03 de setembro e a realização de um abaixo assinado contra o abano discriminatório pago pela empresa às funções gratificadas.

Os sindicatos iniciaram as assembléias esta semana para avaliar os indicativos, que já foram aprovados nas bases de Pernambuco e Paraíba, e estão sendo aprovados também nas demais regiões do país. Alguns sindicatos já iniciaram o abaixo assinado, coletando assinaturas nas próprias assembléias, em repúdio ao abono discriminatório, mobilizando, assim, os trabalhadores contra este vergonhoso ataque feito pela Petrobrás. Algumas bases também já estão realizando mobilizações para pressionar a empresa na reunião desta quinta-feira.

Veja abaixo o resultado parcial das assembléias, segundo informações dos sindicatos:

Pernambuco/Paraíba

Na segunda-feira, 23, o Sindipetro PE/PB realizou assembleias setoriais nas obras da Refinaria Abreu e Lima, no gasoduto Jaboatão, nos terminais de Suape e Cabedelo e nas unidades administrativas (Center I e II), onde os trabalhadores assinaram o abaixo assinado e aprovaram os indicativos de mobilizações por ampla maioria.

Unificado-SP

Em São Paulo, as assembleias começam nesta quinta-feira, 26 e prosseguem até o dia 02 de setembro, nas refinarias, terminais e unidades administrativas.

Amazonas

No estado do Amazonas, as assembléias já foram iniciadas nesta terça-feira, 24, na Reman, e nesta terça-feira, 25, nos terminais de Coari e Urucu, onde os trabalhadores também aprovaram os indicativos. Nesta quinta-feira, 26, o Sindipetro-AM dará continuidade às assembleias na Transpetro e nas unidades administrativas da Petrobrás.

Duque de Caxias

Na Reduc, o Sindipetro-Caxias iniciou as assembleias nesta quarta-feira, 25, onde os trabalhadores já aprovaram todos os pontos da pauta. As assembleias setoriais prosseguem até o dia 30 de agosto.

Espírito Santo

Em Vitória e Anchieta, bases do Espírito Santo, as assembleias também começaram nesta quarta-feira e prosseguem até sexta-feira, 27, nas unidades de São Mateus e Linhares.

Bahia

O Sindicato dos Químicos e Petroleiros da Bahia, iniciaram as mobilizações na porta do Cofip (Centro Financeiro da Petrobrás), nesta terça-feira, 24, e deu prosseguimento às assembleias nesta quarta-feira, 25, na Fafen, unidade de refino da Petrobrás na Bahia, e nas áreas de exploração, em Taquipe. Os trabalhadores também assinaram o abaixo-assinado e aprovaram os indicativos por ampla maioria.

Minas Gerais

O Sindipetro-MG iniciou assembleias nesta terça-feira, 24, dando continuidade à campanha "Diga não ao bônus na surdina". O sindicato também iniciou a coleta de assinaturas contra o pagamento do abono discriminatório.

 

 

Mídia