O diretor da FUP e secretário-geral do SINDIPETRO-RN, Pedro Lúcio, concedeu entrevista para RN2 da Intertv, sobre a venda de 3, dos 4 parques de energia eólica que a Petrobrás tinha participação no município de Guamaré. A matéria foi ao ar na segunda-feira, 11, e relatou os impactos dessa ação para os trabalhadores e no plano de investimentos da Estatal.

Para o dirigente a venda das usinas eólicas representa a saída da Petrobrás do seguimento de energias sustentáveis no Rio Grande do Norte. “A Petrobras está deixando de atender os interesses estratégicos do país no desenvolvimento de novas energias, pra atender unicamente os interesses de mercado”.

Na oportunidade, Pedro também alerta sobre a diminuição drástica nos postos de trabalho na área de petróleo e gás no RN. “Há quatro anos eram treze mil terceirizados ligados à Petrobrás no Estado, e dois mil e seis seiscentos concursados. Hoje são três mil terceirizados e pouco mais de novecentos concursados”, informa o diretor. 

 

Publicado em Petrobrás Fica

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.