Proposta de PLR apresentada pela Petrobrás é insuficiente

Quinta, 20 Maio 2010 21:00
A proposta, além de incompleta, está aquém dos resultados construídos pelos trabalhadores

Imprensa da FUP

A proposta para quitação da PLR 2009 apresentada pela Petrobrás no último dia 19, além de incompleta, está aquém dos resultados construídos pelos trabalhadores e dos dividendos que serão distribuídos aos acionistas. A Petrobrás ainda não apresentou os dados cobrados pela FUP, nem sequer iniciou a negociação. A Federação exigiu transparência e questionou vários pontos da proposta, como o fato da Petrobrás utilizar o conceito de remuneração normal, o que deixa dúvidas em relação ao compromisso da empresa em manter em 2,5 vezes a diferença entre o menor e o maior valor a ser pago (relação piso X teto).

A FUP reiterou que a Petrobrás inicie imediatamente o processo de negociação da PLR e apresente em mesa uma nova proposta, transparente e que esteja à altura dos resultados construídos pelos trabalhadores. A Federação também reafirmou que a proposta negociada deve ser extensiva a todos os petroleiros das subsidiárias.

PLRs futuras – a FUP tornou a cobrar a proposta da Petrobrás para o regramento das PLRs futuras. A empresa informou que submeteu a proposta ao DEST (órgão do Ministério do Planejamento que controla as empresas estatais) e que, assim que houver um posicionamento do Departamento, apresentará à FUP.

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.