Trabalhadores das obras de amplição da Repar (PR) aprovam greve

Quarta, 24 Junho 2009 21:00
Os trabalhadores das obras de ampliação da Refinaria Presidente Getúlio Vargas, da Petrobras ...

CUT-PR

Os trabalhadores das obras de ampliação da Refinaria Presidente Getúlio Vargas, da Petrobras, em Araucária, e de manuntenção da Fosfértil decidiram em assembleia realizada quara-feira, 24, que entram em greve por tempo indeterminado a partir do dia 07 de julho. A assembleia foi realizada pela CUT Paraná e seis sindicatos filiados que representam os cerca de 10 mil funcionários das empresas e terceirizadas.


De acordo com a assessoria da CUT-PR, a decisão foi motivada pela negativa das empresas em abrir negociação em torno da pauta unificada de reivindicações. A CUT e os sindicatos teriam convocado o patronato para uma reunião no dia 08 de junho a fim de iniciar as discussões, mas, segundo a instituição, ninguém apareceu.  

O debate sobre as reivindicações unificadas dos trabalhadores também aconteceu no Ministério Público do Trabalho, em duas audiências 09 e 18 de junho, mas não houve acordo.
  
Os trabalhadores exigem piso salarial de R$ 897,60, correção salarial pelo INPC mais 20% de aumento real nos salários, cesta-básica e crédito alimentação, horas-extras com adicional de 100% e 200%, adicional de periculosidade de 30%, ajuda de custo de R$ 450,00, fim do contrato por obra certa, entre outros. 
Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.