Justiça do Trabalho condena Sindipetro LP por ato de má-fé

Quinta, 07 Maio 2009 21:00
Ao longo dos últimos meses, a diretoria do Sindipetro LP inventou diversas mentiras aos aposentados...

Imprensa da FUP

 

Ao longo dos últimos meses, a diretoria do Sindipetro LP inventou diversas mentiras aos aposentados e pensionistas do Plano Petros, com o objetivo de impedir a homologação da repactuação. Apesar das tentativas, a maioria dos aposentados agiu com coerência,  repactuaram e já estão usufruindo dos seus benefícios.

Apesar do discurso contra a repactuação, os dirigentes do Sindipetro LP convenceram um grupo de aposentados e pensionistas que não repactuaram, a entrar na Justiça, reclamando os 15 mil (ou três salários benefícios, o que fosse maior) conquistados durante a repactuação.

Diante deste ato de desonestidade, a 2ª Vara do Trabalho de Cubatão condenou os reclamantes  e o sindicato por litigâncias de má-fé e  cada um será obrigado a pagar uma multa de R$ 2.100,00.

 

Veja o trecho da decisão judicial

 

“Condeno os reclamantes por LTIGÂNCIA DE MÁ-FÉ a pagar multa de 1% do valor da causa para cada reclamante, reversível para cada reclamada (1% do valor da causa para cada reclamada), mais indenização de 2,5% do valor da causa reversível para cada reclamada (5%) do valor da causa para cada reclamante remanescente), tudo devidamente atualizado até o efetivo pagamento na forma da Lei n., 6.899/81.

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.