Adesão à greve dos petroleiros cresce

Segunda, 23 Março 2009 21:00
Os petroleiros da Replan (em Paulínia, São Paulo), a maior refinaria da América Latina, aderiram à greve nacional...

Imprensa da FUP

Os petroleiros da Replan (em Paulínia, São Paulo), a maior refinaria da América Latina, aderiram à greve nacional, cortando a rendição hoje (24) pela manhã, após a Petrobrás dificultar nos últimos dias a troca de turno dos trabalhadores. No OSBRA (oleoduto que liga São Paulo a Brasília), os trabalhadores também aderiram à greve e pararam por duas horas a produção nos terminais de Ribeirão Preto e Uberlândia.

Mais trabalhadores dos campos de produção do Alto do Rodrigues e Mossoró, no Rio Grande do Norte, também somaram-se à greve nesta terça-feira (24). Em Minas Gerais, os trabalhadores da unidade de Biodiesel de Montes Claros também aderiram à greve na manhã de hoje. No Espírito Santo, os trabalhadores das unidades de produção de São Mateus e Linhares entraram na greve nesta terça-feira. No Ceará, os  trabalhadores das plataformas de Curimã, Xaréu e Atum também deflagraram a greve, buscando o controle da produção.

Publicado em Últimas Notícias

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) foi criada em 1994, fruto da evolução histórica do movimento sindical petroleiro no Brasil, desde a criação da Petrobrás, em 1953. É uma entidade autônoma, independente do Estado, dos patrões e dos partidos políticos e com forte inserção em suas bases.